Blog

07.12 - 08h40min

Como fazer uma composteira caseira e transformar lixo orgânico em adubo natural

O processo de compostagem transforma material orgânico em um poderoso adubo natural. Veja o passo a passo para fazer uma composteira caseira!

Como fazer uma composteira caseira e transformar lixo orgânico em adubo natural

Em primeiro lugar, parabéns: se você clicou em um artigo que ensina como fazer uma composteira caseira, isso indica que é alguém consciente e preocupado com o futuro do nosso planeta… Isso é ótimo!

Caso ainda não saiba, a compostagem nada mais é que um conjunto de técnicas relativamente simples que controlam a decomposição do lixo orgânico, fazendo com que ele transforme-se em adubo natural. Vamos falar mais sobre isso a partir de agora!

O que é a compostagem?

Como dissemos acima, o objetivo máximo aqui é utilizar-se de um conjunto de técnicas para dar um novo uso àquilo que normalmente iria para o lixo. A partir da utilização de microorganismos, o processo de compostagem transforma lixo orgânico em um composto rico em húmus e nutrientes minerais, fazendo com que esse seja um excelente material para ser utilizado como adubo.

Como fazer uma composteira caseira?

Para fazer a sua composteira caseira, você precisará de:

3 Caixas plásticas para compostagem
1 Torneira
1 Furadeira
Minhocas californianas
Húmus de minhoca ou terra
Serragem

Passo a passo - Composteira caseira

Enquanto a primeira caixa (de baixo) serve para estocar o biofertilizante líquido gerado durante o processo, a segunda e a terceira são as que deverão conter o húmus/terra, as minhocas, o lixo orgânico e a serragem.

O primeiro passo é furar as duas primeiras caixas: com a ajuda de uma furadeira ou estaca, faça diversos furos no fundo e nas tampas das caixas. As minhocas utilizarão esses buracos para passar de uma caixa à outra.

Depois disso, coloque 2 dedos de terra na segunda e na terceira caixa. Empilhe as 3. A cada vez que despejar material orgânico na de cima, cubra tudo com serragem — esse processo é fundamental para evitar moscas e o mau cheiro.

A sua caixa de compostagem deve ser grande o suficiente para aguentar, por 30 dias, o total de lixo orgânico produzido pela sua família. Depois disso, com a caixa de cima cheia, chegou a hora de trocá-la de lugar com a segunda caixa e repetir o processo. Na compostagem, essas duas caixas são chamadas de “digestoras”.

Quando o processamento do material chega ao fim, as minhocas utilizam os furos para ficarem na caixa de cima… Isso significa que o adubo está pronto para ser utilizado!

Obs: o biofertilizante líquido gerado na primeira caixa de compostagem também pode ser utilizado em suas plantas. Para cada litro do líquido, adicione dez litros de água.

Que tipo de alimento pode ir para a composteira?

Materiais como restos de alimentos cozidos, pó de café (em pequena quantidade), erva mate, saquinhos de chá, frutas, legumes, grãos, sementes e casca de ovo são muito bem-vindos na composteira.

Outros materiais como carnes, restos de alimentos salgados e gordura animal não são tão eficientes assim, já que comprometem a ação das minhocas, chegando até a matá-las.

***

Agora que você já aprendeu a fazer uma composteira caseira, é hora de colocar a mão na massa! Caso tenha ficado com alguma dúvida, acesse já um passo a passo em vídeo!

Deixe o seu comentário